Diretor da Wärtsilä destaca a importância da Rio Oil & Gas para a transição energética brasileira | ROG.e 2024

Diretor da Wärtsilä destaca a importância da Rio Oil & Gas para a transição energética brasileira

19/09/2022

Há quatro décadas a Rio Oil & Gas antecipa debates, tendências, discussões e produtos para o setor de petróleo e gás. Reconhecida internacionalmente como um dos maiores eventos mundiais do setor, a 20ª edição da Rio Oil & Gas acontece de 26 a 29 de setembro, no Boulevard Olímpico, na região portuária da capital fluminense.

A expectativa do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP), organizador do evento, é de receber cerca de 40 mil participantes, que vão circular por 51 mil m² de seis armazéns, onde acontecerão a feira e o congresso com os principais executivos e especialistas do setor do Brasil e do mundo.

Mais de 400 expositores, nacionais e internacionais, estarão presentes. Entre eles, a Wärtsilä, fornecedora de tecnologias inovadoras e soluções de ciclo de vida para os mercados marítimo e de energia, que atua no Brasil desde 1990.

Confira, a seguir, a entrevista especial com o executivo Jorge Alcaide, Energy Business Director AMER Region South and Managing Director da Wärtsilä Brasil, na qual ele apresenta os planos da empresa para o país e as expectativas para a Rio Oil&Gas 2022.

  • Quais são as expectativas para a Rio Oil&Gas 2022 e os principais objetivos da Wärtsilä Brasil?

Claramente, a indústria tem nos dado sinais de recuperação e retomada de grandes projetos e investimentos. Diversas contratações por parte das oil majors trazem uma série de reações positivas para toda a cadeia de valor. Portanto, as expectativas para a Rio Oil &Gas são as melhores possíveis, e pretendemos, durante o evento, apresentar temas relevantes como a descarbonização do setor, inovação e eficiência energética. 

A Wärtsilä terá sempre uma posição de liderança em temas que façam parte do nosso propósito, que é possibilitar o desenvolvimento de sociedades sustentáveis por meio da inovação em tecnologia e serviços. Entendemos a importância que o setor de oil & gas tem e ainda terá nessa jornada. E estamos sempre em busca de parceiros que tenham os mesmos anseios que os nossos, para aplicarmos ou desenvolvermos soluções que ajudem na descarbonização da indústria. Acreditamos que ninguém alcançará esse objetivo sozinho, somente com união de esforços, ideias e soluções. 

  • O que as pessoas podem esperar da participação da Wärtsilä? Que produtos ou serviços serão apresentados na exposição?

Como sempre, teremos uma participação ativa e focada em discussões relevantes sobre temas onde a Wärtsilä possui expertise. Gostamos sempre de apresentar alguma novidade e compartilhar conhecimento. Temos no segmento de oil & gas grandes oportunidades, tanto na parte de energia quanto em marine. Produtos como “energy storage systems”, que a Wärtsilä hoje possui uma posição de destaque, conversão de termelétricas e outras tecnologias voltadas para a transição energética. Na parte de Marine, temos os pilares de eficiência energética e descarbonização, dando destaques aos sistemas híbridos com baterias, motores multicombustíveis e combustíveis do futuro.

  • É a primeira edição da Rio Oil & Gas pós-pandemia, e um novo cenário tem se desenhado com a retomada econômica. Para a sua empresa, qual a importância de estar nesses eventos presenciais? Como você avalia a evolução para o formato híbrido?

Os eventos presenciais trazem a oportunidade de nos reconectarmos, de estabelecermos novos laços e certamente tem uma importância na maneira como interagimos dentro do nosso setor. Não temos dúvidas que, apesar de termos nos adaptado bem às mudanças ocorridas durante a pandemia, os eventos presenciais são uma bela oportunidade de networking, aprendizado e trocas. Com relação ao formato híbrido, acredito que é uma maneira interessante para o público que não pode vir para o Rio de Janeiro, tornando a Rio Oil & Gas ainda mais democrática e acessível.

  • A Rio Oil & Gas é reconhecida por promover debates relevantes sobre o desenvolvimento e consolidação da indústria de óleo e gás no Brasil e no mundo. Quais pautas vocês destacaria como mais urgentes para um fórum como este?

Acredito que algumas das principais pautas são temas já conhecidos por nós e que o Brasil tem muito a contribuir para o mundo como um todo, em energia renovável e transição energética. Além disso, acho que temas relacionados à agenda ESG (redução de emissões, offset de carbono, diversidade, cultura da inovação) e desenvolvimento e retenção de talentos, deverão também ser discutidos durante a ROG.

A Rio Oil & Gas é patrocinada por Petrobras, Ambipar Response, Equinor, Shell, TotalEnergies, Vibra, Ipiranga, Raízen, BP, Bunker One, Chevron, ExxonMobil, Karoon Energy, Modec, Galp, PETRONAS, Repsol Sinopec, 3R Petroleum, Acelen, Siemens Energy, Trident Energy, Braskem, Enauta, Halliburton, MCDermoott, NTS, PECOM, PRIO, Salesforce, Saipem, Subsea 7, AET, Baker Hughes, DOW, Fluxys, Oracle, Perbras, Solvay, TAG, TBG, Techint, Vallourec, Wintershall Dea e WTW.

Compartilhe
Ingressos